OCUPANDO O LATIFÚNDIO ELETROMAGNÉTICO

“Periferia segue sangrando” — Até quando?

Em maio de 2006 a “democracia brasileira” retirou o direito de existir de mais de 500 jovens das periferias do Estado de São Paulo, em represália aos atentados do PCC.

Sem se preocupar em investigar os participantes dos atentados, a “Milícia Militar” matou e se orgulha de ter restaurado a ordem ao Estado.

Tolos! Não sabem que a repressão é o combustível dos que lutam!

Nesse período, mulheres fragilizadas, mães que acabavam de perder seus filhos para a democracia, se organizaram para lutar contra esse regime facista que usa da PM, para impor o terror e a violência aos pobres e negros.

Seria impossível falar da juventude pobre e negra, sem contarmos com a presença de alguns dos vários núcleos de resistência e existência organizados da população negra em geral. Não custa lembrar que afirmar sua identidade em meio a um país racista não é, de forma alguma, ser racista — como afirma a falta de argumento de alguns —, mas sim ter consciência da importância desse povo, que apesar de sempre ser deixado de lado na historia oficial, nos alimentou e alimenta ainda hoje de experiências de luta, de resistência, de cultura, de força, de fé e raiz.

Por tudo isso, convidamos a trocar ideia conosco o Núcleo de Consciência Negra, que entre tantas outras formas, tenta combater o extermínio da juventude pobre e negra através da educação.

Com essa mesma intenção de debate, a Semana de Resistência Osama Bin Rap “Holocausto Urbano” também contará com a presença das Mães de Maio. Na caminhada e na luta desde 2006, depois de lançar o livro “DO LUTO À LUTA” e de fazer diversas outras ações, a Semana de Resistência Osama Bin Rap tem o ORGULHO de convidar todos que lutam a colarem e fortalecerem a caminhada dessas GUERREIRAS no lançamento de seu novo livro: “Mães de Maio, Mães do Cárcere“‘

Nos parece obvio que estes e todos os movimentos que lutam por um mundo onde caibam muitos mundos são indissociáveis. Por isso fica aqui nossa pergunta e a convocação geral: “periferia segue sangrando”, mães chorando até quando? Vamos falar um pouco mais disso!

14/05 — “Periferia segue sangrando” – segue o extermínio da juventude pobre e negra… Com: Mães de Maio e Núcleo de Consciência Negra. Lançamento do livro: “Mães de Maio, Mães do Cárcere” — Mães de Maio;

A Semana de Resistencia Osama Bin Rap acontecerá do dia 14 ao dia 18 de maio,

Os debates irão acontecer nos dias 14, 15, 16 e 17 de maio. Todos os debates acontecerão no Espaço Aquario, predio da Historia e Geografia, a partir das 18:30hr.

E, no dia 18 de maio, vai rolar uma Festa para celebrar o aprendizado e a convivência.

AVISO IMPORTANTE! — Durante todos os dias da Semana estaremos recolhendo roupas, brinquedos, alimentos e produtos de higiene pessoal destinados à comunidade da Favela do Moinho! Não é ingresso para entrar, mas é importante ajudar 

Saudações!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*